o dia do nascimento da Igreja

postado em: Editorial | 0

O livro de Atos começa com Jesus e os discípulos em Jerusalém. Em Atos 1:8, o Senhor diz: “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Somaria e até os confins da terra”. Jesus prometeu o Espírito Santo, que foi manifesto no Pentecostes. No quinquagésimo dia depois da Páscoa, era comemorada a festa da colheita. Em Atos 2:2-4, diz: “de repente, veio do um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram distribuídas entre eles, línguas como de fogo e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.”

O vento e o fogo são símbolos da presença de Deus na Bíblia. Nasce, assim, a igreja. Logo a seguir, os discípulos começam seu ministério e passam a pregar as boas novas até os confins da terra.

Cristo é o cabeça da igreja. Igreja essa que é Sua noiva, que um dia será levada para encontrar-se com Ele, o Noivo nos ares; portanto, Ele é o dono e o único que deve ser Exaltado e Adorado. Qualquer homem que quiser assumir esse papel é considerado pela Bíblia como lobo que assalta o rebanho.

O Espírito Santo capacita seus discípulos para essa tarefa de pregação a todos, e aqueles que crerem em Cristo Jesus têm seus nomes escritos no Livro da Vida, mediante o sangue derramado na cruz do Calvário.

Portanto, a igreja nasce com uma força surpreendente, pois é guiada e orienta por que deu o Seu Filho amado para reconciliar o homem com o Criador. E, assim, Ele o fez: ressuscitando ao terceiro dia. Depois de Sua ascensão aos céus, não deixou órfãos os Seus seguidores, pois veio o Consolador, que agora atua conosco para a igreja ser vitoriosa e vencedora. O Reino dos céus é chegado e temos o privilégio de pertencer ao Corpo de Cristo, que atua ao redor do mundo, formando um só povo, uma só fé, tendo Cristo como Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Que possamos ter um Pentecostes diário ao termos nosso coração aquecido pela presença do Espírito Santo em nós.

Somos Sua igreja e um dia nos encontraremos com o Senhor nos ares.

Pentecostes é o início da igreja e da nova aliança entre Deus e o homem. Cristo é o Senhor Nosso Salvador.

Deixe uma resposta