A Família Cristã

postado em: Editorial | 0

A Família Cristã, no Cristianismo, prima por uma formação familiar, forte, coesa e fundamentada na Palavra de Deus. O tripé “pai, mãe e filhos” é base de uma sociedade, primordial para o desenvolvimento dos princípios cristãos ensinados pelas Sagradas Escrituras.

Observamos, desde o livro de Gênesis, uma construção de uma linha em que a família, em sua formação, deve ser mais que celular, incluindo avós, tios, primos, sobrinhos, ou seja, envolvendo toda uma série de pessoas para educar, preparar, orientar a direção, principalmente a dos filhos, para se tomarem pessoas que produzam coisas boas para a sociedade.

A esse respeito, o apóstolo Paulo escreve em Efésios 5:21-33 uma diretriz de comportamento e orientações para seguir: “Por respeito a Cristo, sejam educados e tenham respeito uns pelos outros. Esposa, entenda e dê apoio a seu marido, pois assim demonstrará seu apoio a Cristo. O marido exerce liderança em relação à esposa, mas da mesma forma com a qual Cristo faz à igreja: com carinho, não por dominação. Assim como a igreja se submete à liderança de Cristo, a esposa deve submeter-se ao marido. Marido dê ao máximo de amor à esposa: faça como Cristo fez pela igreja – um amor marcado por entrega total. O amor de Cristo torna a igreja íntegra. Suas palavras evocam a beleza dela. Tudo que ele faz e diz tem o propósito de extrair o melhor dela. Ele quer vê-la vestida de branco, brilhando santidade. É assim que o marido deve amar a esposa. Até porque estará fazendo um bem a si mesmo, uma vez que ambos são “um “pelo casamento. Ninguém maltrata o próprio corpo. Em vez disso, alimenta-o e cuida dele. E assim que Cristo nos trata, nós, que somos sua igreja, porque somos parte do seu corpo. É por isso que um homem deixa pai e mãe para se casar e cuidar de sua esposa. Não são mais duas pessoas, pois eles se tornam “uma só carne”. É um grande mistério! Nem eu o entendo plenamente. O que fica claro para mim é o modo de Cristo tratar a igreja. Isso mostra como o marido deve tratar a esposa: ao amá-la. está amando a si mesmo. E a esposa? Deve tratar o marido com todo o respeito.” (versão A Mensagem).

Também fazemos parte da família da fé, que é nossa inclusão como filhos de Deus, lavados e remidos pelo sangue de Cristo derramado no Calvário. A comunhão e a intercessão em oração faz com que consigamos desfrutar da vida cristã, de uma forma plena e abençoada. O Pai, o Filho e o Espírito Santo atuam diariamente para que possamos fortalecer nossos vínculos familiares sanguíneos e a nossa fé para alcançamos nosso alvo de vida eterna no Reino dos Céus. Que as bênçãos celestiais estejam sobre nossa família em grande proporção.

Oremos e agradeçamos pela família cristã.

Deixe uma resposta