Páscoa Redentora

Ao caminharmos para mais uma celebração pascal, lembramo-nos de sua origem, com o povo hebreu, saindo do Egito, depois de quatrocentos anos vivendo ali. José foi usado por Deus num período de fome, foi tratado por Ele por quatorze anos, o que o fez amadurecer para exercer um posto elevado: preservar o povo nesse período e cumprir a vontade de Deus com relação à vinda do Messias, através de um povo, para trazer as boas novas de salvação para a humanidade.

O Egito sempre esteve no caminho desta missão, pois, após o nascimento de Jesus, com Herodes procurando matar todas as crianças abaixo de dois anos de idade, a família sagrada (José, Maria e o menino Jesus), fugiu para lá. Encontramos no livro de Oséias a profecia “Quando Israel era menino, eu o amei, do Egito chamei meu filho.” (Os 11:1).

Tal como o primeiro José, que levou seu clã para lá, o outro José leva sua família também para sobrevivência e, assim, cumpre a vontade de Deus.

Por isso, ao celebrarmos a Páscoa, nós fazemos com toda alegria, esperança, gratidão pelo cuidado do Pai para com seus filhos desde o início.

Quando Adão e Eva desobedeceram e se afastaram do Paraíso, o Senhor já preparava essa reconciliação. Seria necessário o derramar do e de um cordeiro de uma vez por todas.

Então Jesus é o “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.” (Jo 1:29). Ele se humilhou na forma de servo, sendo Deus, para resgatar a humanidade criada pelo Pai.

Pagou o preço na cruz do Calvário derramando Seu sangue, para a remissão dos pecados. A morte trouxe um triste momento para a história da humanidade, parecia que todo o Plano de Deus tinha falhado; mas, ao terceiro dia, Ele Ressuscitou.

Está vivo e reina para sempre. O túmulo está vazio e veio o Espírito Santo para ser o Consolador, aquele que caminha em nós e sobre nós na direção da vida eterna.

Essa é a esperança cristã. Jesus venceu a morte, e nós Nele, venceremos também.

O último inimigo foi vencido, a morte.

A celebração da Páscoa é um momento tão especial, pois nossa fé se revigora, e nossos olhos estão colocados no infinito, sabendo que temos um lar, uma pátria celestial em que um dia estaremos.

Jesus Ressuscitou!

Ele vive, Aleluia!

Louvado seja Seu Nome!

 

Feliz Páscoa