Mente transformada

O apóstolo Paulo em seus escritos revela sempre uma preocupação com a mente do ser humano, por ser o lugar em que as emoções e distorções são produzidas, gerando todo o comportamento do ser humano. No livro de Romanos, no capítulo 12.1-2, ele diz “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis, os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Ele chama a nossa atenção para uma transformação da mente carnal, cheia de ódio, orgulho, raiva, ira, ciúmes, para uma mente transformada pelo Espírito Santo. Ele chama a nossa atenção dizendo: “Pensai nas causas lá do alto, não nas que são aqui da terra” (Colossenses 3.2). É um chamado para onde devemos direcionar nossa mente. O homem foi criado por Deus com o livre arbítrio, mas dentro dele há a essência do Criador, através do fôlego da vida.

Por isso, quando desobedeceu ao Pai, escolhendo comer da árvore do bem e do mal, foi expulso do Paraíso; e o Pai, em Seu infinito amor, enviou Seu filho Jesus para resgatá-lo e novamente estabelecer a comunhão entre o Criador e a Sua obra.

Em Efésios, no capítulo 6.12-17, Paulo fala da armadura de Deus para vencer a luta que existe entre a carne e o espírito “porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus para que possais resistir no dia mau, e depois de terdes vencido tudo permanecer inabaláveis. Estai, pois, firmes cingindo-vos com a verdade e vestindo a couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz embraçando sempre o escudo da fé com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.”

Portanto, o cristão trabalha diariamente para ter uma mente transformada, voltada para o bem e para fazer a vontade de Deus, que o criou; deu Seu filho amado para perdão e salvação e enviou o Espírito Santo para ser o consolador e ajudador em todos os momentos.

Busquemos uma mente transformada pelo Espírito Santo